19 de janeiro de 2011

Espera.

Tenho andado escrevendo cartas como louca que quase nunca são enviadas. To criando uma mania de esconder meus sentimentos em papeis que eu guardo pelo quarto. Escondo também toda a confusão que estou criando em mim.
Tenho me abastecido de tequila pra esquecer quase tudo. Tenho tomado tantos calmantes... Estou esperando a resposta para a única carta que resolvi escrever e enviar ao dono. Meu cansaço esta quase me ganhando e o telefone ainda não tocou.  
Li todos os livros que tu deixaste na estante perto da escrivaninha. E eu ainda tenho aquele bilhete guardado, tu escreveste nele – volto logo minha menina. E eu ainda estou te esperando, mesmo depois de um ano e quarenta e cinco dias, muito longos por sinal.
Não sei se me acho tonta por esperar uma resposta que talvez não chegue. Eu só quero estar em casa, quando tu decidires me ligar ou me enviar nem que seja um cartão postal de onde tu estiveres. Nem que seja pra dizer que acabou, que tu não me amas mais ou que nunca me amou. É só que eu não posso desistir ainda... não antes de tu me dares um cheque mate.
Eu ainda te espero, nem sei por que, mas te espero sempre. Sentada na janela, segurando o coração nas mãos. E se caso, tu ainda me quiseres, venha rápido, antes que o meu pobre coração se desfaleça.

“Sobre todos os que já tiveram um amor e de alguma forma insana esperam a volta dele: que os telefones toquem, que as cartas finalmente cheguem.” -cfa-

6 comentários:

  1. que sofrimento acabe.

    ResponderExcluir
  2. "E eu ainda tenho aquele bilhete guardado, tu escreveste nele – volto logo minha menina. E eu ainda estou te esperando"

    A espera é a coisa mais dolorosa. Essas saudades sem saída. Essas esperas sem fim.
    Maravilhoso texto, como sempre.



    E, obrigada pelo comentário. Estou sumida sim, alguns problemas e tudo mais, mas as coisas vão se acertar...... eu acho rs.

    ResponderExcluir
  3. "Tenho andado escrevendo cartas como louca que quase nunca são enviadas. To criando uma mania de esconder meus sentimentos em papeis que eu guardo pelo quarto." Isso descreve tão bem. Você é um excelente escritora, parabéns.

    ResponderExcluir
  4. selo pra vc lá no meu blog
    http://segredoentreamiguxas.blogspot.com/2011/01/aimeudeus-4-5-6-e-7-selo-ufa.html

    ResponderExcluir
  5. Sofrimento, menina!
    Mas é lindo!
    ",)

    Bjus!
    http://peripeciaslove.blogspot.com

    ResponderExcluir